MBI NOV/2018: Empreendedor, emocionante e transformador

Publicado por andre_menezes em

Ana Hickmann, Marcos Rossi e Marta Malhule. Esses foram alguns dos nomes que marcaram o MBI novembro de 2018.

Revisitamos hoje, os três grandes dias – 16, 17 e 18 de novembro, em Alphaville, com um MBI histórico (Mastery Business Intensive) – que marcou o palco com histórias de empreendedorismo, superação e transformação, enquanto a plateia abarcava toda emoção e aprendizado que essas histórias poderiam proporcionar.

 

O foco era bem claro: fazer da sua empresa, a sua missão e relacionar essa meta com uma vida leve, saudável, cheia de vigor e também repleta de solidariedade. André Menezes, mentor e maestro (regente do evento) deu as boas vindas aos participantes com muita energia e conduziu as atividades que fariam todos entenderem melhor o seu próprio propósito: “Transformar e potencializar homens e mulheres de negócios para que tenham uma vida próspera e abundante” foi um dos objetivos do MBI.

E assim subiram ao palco feras do empreendedorismo brasileiro e internacional. Rodrigo Cardoso criador de programas para formação de treinadores de alto impacto marcou presença ao falar de desenvolvimento pessoal e liderança intercalando sua apresentação com momentos de interação entre os próprios participantes. O MBI veio para autoconhecimento e para o conhecimento do outro.

Marta Malhule subiu ao palco no primeiro dia de evento para inspirar ainda mais. Ela mostrou que apesar de um ambiente de guerra, dor, pobreza e sofrimento – quando surgem oportunidades de mudanças são a elas que devemos nos agarrar.

A história de Marta é inspiradora. Ela viveu a guerra em seu país (Moçambique), passou fome, viu muitos de seus familiares morrer e, em meio a tudo isso, conseguiu nutrir sonhos. Do sonho de ter uma alimentação melhor ao de empreender, Marta trouxe ao MBI a esperança e o incentivo ao empreendedorismo social.

E não parou por aí. Pedro Gadelha embarcou no MBI disposto a falar sobre vendas e marketing, fornecendo o gás necessários aos empreendedores que ainda têm desafios no gerenciamento de vendas online. “Quando falamos sobre presença digital, você deve ter objetivos nela”, reforça Gadelha.

Marcelo Martins e Carol Linhares vieram para apresentar a prática do mundo empreendedor e orientar todos os participantes sobre ações que são capazes de mudar a forma de pensar e agir dentro de uma organização.

Vestindo a camisa “pare de reclamar”, Marcos Rossi levou a força ao MBI. Ele tem a Síndrome de Hanhart e nasceu sem os membros superiores e inferiores como pernas e braços. Mas nada disso se tornou obstáculo para as coisas que Rossi almejou conquistar.

Sua participação levou a reflexões sobre o quanto o conceito de limite está na cabeça das pessoas e o quanto é possível ir além do que se pode imaginar no seu empreendimento ao invés de ficar reclamando de coisas que têm solução.

As surpresas do MBI não se limitaram a apenas um dia de evento. E foi no terceiro dia de MBI, que uma das palestrantes surpresa contou aos participantes como transformou seu nome em uma marca: Ana Hickmann esteve no MBI para apresentar que muitas potencialidades que o empresário passa a buscar, está na verdade, nele mesmo e que é possível estruturar uma marca a partir da pessoalidade e da sua própria imagem.

Se você participou dessa jornada conosco neste ano de 2018, fica aqui o nosso MUITO OBRIGADO, queremos você prosperando muito em 2019.


Se está lendo essa mensagem e ainda não pode viver a energia MBI, temos a boa notícia: voltamos com tudo ano que vem.

Com mais surpresas e articulando mais formas de te ajudar na tarefa de transformar sua empresa em sua missão, fazer do empreendedorismo um hábito diário e consequentemente mudar a sua vida e a de dezenas de pessoas.

UM FINAL DE ANO COM MUITO AMOR E PAZ E UM 2019 PRÓSPERO DE MUITO SUCESSO!

Categorias: 2018MBI